Fascinação

Sempre me fascinei por estradas. Milhas passando em segundos, as faixas intermináveis no asfalto, as mais incríveis paisagens de 15 minutos atrás. A velocidade com que as coisas se vão.
Sempre me fascinei pela velocidade. Das bicicletas aos 10, dos carros aos 15 e da vida aos 20. O quanto pessoas que se demoraram uma hora vão embora, como as pessoas principais surgiram num piscar de olhos. E como você apareceu no meio desse caminho.
Sempre me fascinei por você. Não, na verdade não. Não a notei até que estivesse estatelada na minha frente. Não lhe procurei até que fosse estritamente necessário. Não a amei até 15 minutos atrás.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s