O Silêncio mais confortável do Mundo (Poemas sem rima)

Imagine a cena:

Sol, com um vento delicioso que amenizava o calor.

Cidade cheia, transito. Muitas pessoas passando. Obviamente, nenhuma delas importa agora.

Se encaravam, Ele e Ela em silêncio. Afinal, a vida não tem trilha sonora de fundo. Ou tem?

Alguns sorrisos abafados, enquanto trocavam pensamentos mudos.

Ela, com enormes listas de defeitos, vazias…

Ele, com problemas lutando contra a vontade, numa batalha épica de quem é maior…

Silêncio. Mais risos. O silêncio mais confortável do mundo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s