Festa

Eis que o terceiro era dispensado. Do outro lado do salão cheio Ele observava a menina mais bonita da festa e, principalmente, quantos caras ela dispensava. Sempre com aquele sorriso amarelo e sem graça, um a um eram desconfortavelmente tolerados por poucos minutos até que eles cansassem. Já houvera quem despretensiosamente a oferecesse uma bebida e até mesmo um garoto inteligente aumentara o som para precisar conversar de rosto colado.

É claro que assistindo a tudo aquilo, Ele achava ridículo. Mas não deixava de prestar atenção se a maneira como estava encostado na parede oposta – olhando pra ela – lhe garantia uma aparência agradável. Enquanto a fila de pretendentes era desbancada, a festa ia acontecendo e ele se divertia com os amigos. Ocasionalmente, espiava pra ver se algum dos presentes estava conversando com a garota que, provavelmente, nem queria estar ali, dada a situação. Fazia que não ligava, mas a cada risada ou momento em que conseguia uma desculpa, olhava novamente pra garota que parecia bastante entediada pela cena em repetição que vivia ali.

Ele imaginava o que ela estaria achando da situação e não conseguia evitar em seus pensamentos o que ela acharia dele. O que ela estaria bebendo, seria suco ou batida? Se ela bebia algo alcoólico e se teria algum problema pra ele exibir um copo de cerveja na mão. E caso começassem a conversar então, não podia simplesmente dizer o que faz da vida. Ser auxiliar de escritório não lhe garantia status em nenhuma conversa. Pensou então em dizer que estava em ascensão em uma multinacional, o que parecia muito mais atraente. Quanto ao seu curso sem futuro, optaria em dizer apenas que estuda em faculdade renomada, sem dar muitos detalhes. A carreira a se seguir, defenderia ser um desvio provisório nos sonhos mais grandiosos. Seria adequado oferecer “o mesmo que ela estava bebendo antes”? Sempre ouvira isso em filmes e sem dúvida era uma opção segura e assim ele descobriria qual o gosto dela para bebidas. Podia inclusive daí puxar assunto sobre bebidas preferidas e desfilar seu conhecimento em bebidas européias, das quais ele nunca experimentara nenhuma.

Pensou, por uma fração de segundo, em ser ele mesmo quando se aproximasse. Mas rapidamente concordou consigo mesmo que aquela era a idéia mais idiota que já tivera.

Perdido em pensamentos, Ele nem percebeu quando os amigos se dispersavam aos poucos, formando um grupo ao redor da garota que percebia indubitavelmente ser ali o centro das atenções. Resolveu se aproximar, sendo menor a pressão entre os amigos. Como agiria? Decidira ser indiferente. Com todos ali procurando se destacar, agir como se não estivesse se importando, provavelmente o daria destaque. Não riria alto nem entraria muito na conversa.

Entre papos desinteressantes e risadas estridentes a cada frase da garota, um assunto sobre as notas de 1 Real antigas a fizera abrir a carteira que rapidamente exibiu a foto de duas garotas, sendo uma delas facilmente reconhecida como a garota em questão. Um dos garotos, já um pouco bêbado, não hesitou em perguntar:

– Quem é essa gata aí na foto?

Seguramente, sem mudar a expressão, a garota respondeu:

– Minha namorada.

E cumpriu seu objetivo de pegar sua nota para exibi-la. Porém ninguém mais prestava atenção, trocavam olhares e risadinhas como agem homens em bando, naturalmente. Dado o rumo da conversa, quase que instantaneamente a maioria achara mais interessante escolher a próxima música, ou fora surpreendido por uma súbita vontade de usar o banheiro. Aos poucos, os ex-galanteadores se dispersavam e por fim Ele sobrara envolvido com Ela em um papo divertidíssimo sobre como as pessoas agem estranho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s